Vem conhecer Sociologia

Pensavam que eu me esquecia? Se há coisa impensável era eu fazer uma rubrica dedicada a testemunhos para conhecer licenciaturas e não haver um post dedicado à minha. E é, por isso, que hoje vos trago o testemunho de uma colega e amiga da universidade para contar a sua experiência.

Acabei este ano a minha licenciatura em Sociologia e sinto que durante estes últimos 3 anos passei por várias fases e desafios tanto pessoais como profissionais. Sociologia não era a minha primeira opção, e acredito que vão ouvir esta frase de muitos formados nesta área, no entanto quando descobri que tinha a oportunidade de mudar de curso optei por não o fazer.

2 meses foi tudo o que bastou para eu me impressionar pela Sociologia.

Antes de ter ingressado não sabia muito sobre a mesma para além de que era uma ciência social e após 3 anos e um diploma posso garantir que ainda sinto que não a conheço por completo.

Eu costumo dizer que entrei em Sociologia de paraquedas, mas que depois foi amor à primeira vista. Lamechas, eu sei, mas não tenho outra forma de descrever, de certa forma ter ingressado e permanecido neste curso foi a maneira de eu seguir o meu caminho e não um caminho que outros ditaram para mim.

Não foi fácil, mas a Sociologia deu-me capacidades das quais eu não esperava, bem como relações que se fortaleceram com cada trabalho entregue. Portanto, ter entrado em Sociologia foi uma escolha que eu sinto que não fiz (apesar de ter posto como uma das opções) mas que necessitei.

Ingressar num curso como a Sociologia trouxe alguns “maus olhares” e até desentendimentos e isso foi uma dificuldade que esteve presente durante estes 3 anos e com a qual tive de aprender a lidar, nem tudo é um mar de rosas. Mas durante a minha jornada encontrei amigos que estavam tão perdidos como eu com os quais partilhei longas noites a estudar bem como a festejar.

Não é fácil sermos “recusados” da nossa primeira opção, mas também não é o fim do mundo. A faculdade fornece aos estudantes várias experiências com as quais é possível ganhar capacidades, existem várias formas de contornar os nossos obstáculos e seguirmos o percurso que desejamos.

Tal como todos os cursos, a Sociologia tem os seus pontos positivos e negativos, considero que o ponto mais negativo é a sua pouca visibilidade no mercado de trabalho, isto origina depois as preocupações de “então o que vais fazer com Sociologia?” ou “para quê que isso serve mesmo?”. Uma maior visibilidade e notoriedade tal como a Psicologia tem, faria com que estas dúvidas e preocupações fossem menores. Como ponto positivo eu considero a diversidade de portas que nos permite explorar enquanto ainda estudamos, a sua amplitude permite explorar várias áreas que cursos mais específicos não iriam permitir.

Um conselho que tenho para quem está a ingressar na faculdade e se depare com Sociologia é explorar, aproveitar todas as oportunidades que a faculdade vos dá de ganharem soft skills, criarem uma boa rede de contactos e explorar o que vocês realmente querem, pois este é o melhor momento que temos para descobrir, não existe melhor vida do que a vida de estudante e as notas nem sempre são tudo.

Caso tenham ingressado em Sociologia, mas não era o que pretendiam têm várias oportunidades para mudar de curso e seguirem o vosso caminho, afinal a faculdade não é um bicho de 7 cabeças.

Publicado por Tânia

Licenciada em Sociologia e estudante de mestrado em Jornalismo. Apaixonada por tudo o que implique o mundo e livros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: