10 kdramas que não podes perder

É verdade, estive desaparecida! Razões? O maior bloqueio criativo de que tenho memória e uma agenda bem complicada de gerir. Felizmente, estamos de volta e esperemos que a vontade dure que bem precisamos.

Recentemente, percebi que, por diversas vezes, me pedem recomendações de dramas asiáticos para ver e que comparando com amigas podemos confirmar que eu vejo demasiados e tenho uma lista de querer ver ainda maior, por isso eu pensei porque não algo totalmente dedicado a sugestões?

Assim sendo, e talvez como primeiro post de uma rubrica, apresento-vos 10 dramas coreanos que totalmente recomendo ver. Sendo que, esta seleção é baseada de entre os meus dramas favoritos e nos dramas que considero serem algo que queremos fazer binge watch no mesmo dia.

Disclaimer: estes dramas estão todos disponíveis na plataformas netflix ou viki.

Goblin

Também conhecido como Guardian: The Lonely and Great God retrata a história de um ser mítico, segundo a cultura coreana, que outrora foi um general sofrendo uma morte trágica. Sendo totalmente imortal e após 900 anos, Kim Shin encontra-se farto de viver e procura a sua noiva, mortal, capaz de retirar a espada presa no seu corpo e terminar com a sua vida.

O que eu posso dizer? Goblin trata-se do meu drama coreano favorito de todos os tempos. Até hoje e por mais dramas que tenha assistido apenas outro drama me fez sentir o mesmo que este. A história e as personagens são capazes de nos prender do início ao fim e prometo que não há lenços suficientes para as lágrimas.

While You Were Sleeping

Uma jovem com premonições horríveis conhece, por acaso, duas pessoas que desenvolvem a mesma habilidade, de repente. Conseguiram eles descobrir a razão que os uniu e como prevenir que as suas pessoas próximas se magoem?

Um dos plots mais originais e incríveis que alguma vez tive a possibilidade de assistir. A forma como a produção e a história foram desenvolvidas são fenomenais, para além que tem a melhor ost que ouvi em todo o meu tempo a assistir dramas coreanos.

Moment at Eighteen

Um jovem muda de escola por problemas com bullying, mas as coisas não parecem estar a seu favor quando é acusado de roubar um relógio. Apesar disso, nem toda a gente está contra ele e há quem tente mostrar-lhe isso.

Personagens construídas da melhor forma e para um drama escolar que, na Coreia, costuma significa uma de duas coisas: cliché como tudo ou dark até dizer mais não, posso dizer que é um drama que mesmo dentro do padrão romântico não me trouxe o cringe que outros trazem e foi, talvez, a primeira vez em que senti uma abertura da cultura coreana, visto que penso ter sido o primeiro drama em que houve a tentativa de retratar uma personagem lgbt+.

Romance is a Bonus Book

Uma mãe divorciada e com dificuldades em arranjar uma boa carreira investe numa tentativa desesperada acabando por mentir sobre o seu currículo. Ela consegue um trabalho temporário numa editora, mas a que preço?

Dentro de todos os comentários que conheço sobre este drama só existem duas opções: ou o amamos ou o odiamos! Sou suspeita para falar porque o ator é um dos meus favoritos, mas Romance is a Bonus Book traz uma história leve, mas com lições bem memoráveis para qualquer mulher!

A Piece of Your Mind

Um investigador no mundo da inteligência artificial. Uma engenheira de gravação de música clássica. Trabalhos e personalidades completamente distintas acabam a descobrir sobre uma jornada juntos.

Este drama para mim é algo muito próximo emocionalmente. Ele fala de coisas reais, sentimentos reais sem precisar de enredos peculiares ou míticos. São personagens que te inspiram e fazem pensar com todas as suas ações e características.

Are You Human Too?

A história de um android, criado por uma mãe de luto, e que pretende ser o filho verdadeiro para garantir toda uma segurança de vida na possibilidade deste retornar após ter acabado, infelimente, em coma.

Sem dúvida, algo de outro mundo! Devido ao enredo eu estava bastante nervosa e, ao mesmo tempo, ansiosa para ver e compreender o que acabaria por ser o final deste drama. Devo dizer que foi um fim bastante feliz, a meu ver, e emotivo. Sem dúvida que tendo em conta a temática foi algo muito bem concebido.

Mystic Pop-Up Bar

A história de um estabelecimento de bebidas ao ar livre gerido por uma mulher irritadiça e um part-timer inocente que visitam os clientes nos seus sonhos para os ajudar a resolver os problemas.

Este drama tem uma flow impressionante, nada é previsível. Cada episódio traz-nos mais informação e acabamos sempre surpreendidos e é mais um para agarrar nos lenços de papel (alerta amigável: eu chorei como tu no último episódio, por isso fiquem preparado(a)s!)

Record of Youth

Drama focado no registo do crescimento de vários jovens adultos que apenas tentam alcançar os seus sonhos, lidando e compreendo cada vez mais que a sociedade não é igual para todos.

Definitivamente outro dos meus dramas favoritos de sempre. Algo incrível e raro que me cativou foi o facto de que não foi necessário qualquer suspense desnecessário e extra para desenvolver o enredo. Contra ponto, e apenas uma opinião extremamente pessoal: nunca irei entender a mania dos finais em aberto!

The Uncanny Counter

Conta a história de caçadores de demónios que vêm à terra disfarçados de trabalhadores de um restaurante de noodles. Mas, por alguma razão, o novo elemento do grupo é diferente de todos os outros! Qual a verdadeira razão para ele ser escolhido?

Eu sei que já recomendei este drama, mas a verdade é que é, talvez, para mim o melhor drama coreano desenvolvido pela Netflix até agora. A história, as personagens, a qualidade de produção e acima de tudo as emoções fizeram-me ficar agarrada do início ao fim demorando apenas um dia e meio para o completar. É aquele drama que nos faz sorrir e rir num minuto e no outro chorar rios.

When the Weather is Fine

Uma história sobre perdão, cura e amor que tem lugar na pequena livraria “Goodnight Bookstore” no campo e que traz uma mudança para a vida simples do dono com a chegada da artista de violoncelo.

Este drama foi algo de especial e único para mim. Comecei a vê-lo simplesmente porque estava a estrear e eu já tinha terminado todos os que desejava ver e acabei a seguir fielmente o mesmo todas as semanas! É um drama que, a meu ver, traz o desenvolvimento dos personagens ao máximo. Não necessitou de drama excessivo para se desenvolver ou captar a minha atenção e tem, sem dúvida, um lado suave e verdadeiro na forma como os sentimentos e os pensamentos de todos são expostos ao longo da história.

Aqui estão as minhas dez recomendações para quem quiser dar uma chance ou tiver vontade de começar um novo drama. E tu, qual é a recomendação que farias no meu lugar? Deixa nos comentários abaixo 🙂

Publicado por Tânia

Licenciada em Sociologia e estudante de mestrado em Jornalismo. Apaixonada por tudo o que implique o mundo e livros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: