5 dicas para começar a aprender línguas

Há algum tempo que tenho em mente escrever mais sobre aprendizagem de línguas, visto que é um dos meus hobbies, mas sempre tive um pouco de receio de não trazer realmente algo que ajudasse, mas penso que está na altura de começar.

Contextualizando um pouco, como muita gente comecei a aprender inglês na escola e sendo totalmente sincera foi uma língua em que tive inúmeras dificuldades para compreender até chegar ao secundário porque não era uma aula que eu gostasse devido à minha ligação com as minhas professoras.

Felizmente, nos meus dois primeiros anos de secundário tive a oportunidade de ter uma professora incrível que me fez descobrir o gosto por esta língua em questão e que pela primeira vez na vida deu valor ao esforço que eu colocava no estudo. Entre os meus 13 e 15 anos tive também a oportunidade de aprender francês, mas sendo totalmente sincera acho que só me lembro de umas cinco frases. No final do 10º ano ganhei uma grande vontade de visitar Itália e com isso comecei a aprender a língua durante o verão. Quando regressei à escola parei e só voltei a retomar a meio do 11º ano com maior gosto, sendo uma língua que continuo até hoje a estudar.

Recentemente, tive mandarim durante um semestre e foi a melhor experiência de sempre, não só porque foi algo completamente fora da minha zona de conforto como tive a oportunidade de ter um professor que realmente nos fazia ter vontade de aprender.

Para além disso, durante o Natal decidi comprar como prenda a mim mesma um curso de japonês que foi realmente um desafio.

Assim sendo, decidi trazer algumas dicas básicas para quem queira começar.

Escolhe algo que te interesse.

A realidade é que queiras aprender uma língua em formato de aula ou por ti vais rapidamente perceber uma coisa: sem interesse/motivação não vais conseguir ir longe. É necessário teres uma motivação pessoal ou vai ser sempre uma obrigação e não é algo que resulte. Por isso, antes de começares pensa numa motivação para os piores momentos. Pode ter haver com os benefícios que te vai trazer aprender aquela língua, o facto de seres uma pessoa curiosa pelo país e cultura, por quereres visitar um país ou mesmo morar lá, ou simplesmente por gostares da língua.

Por exemplo, eu inscrevi-me em mandarim num momento de loucura visto que queria ter uma cadeira nesse semestre que me pudesse adicionar algo especial ao currículo tendo pensado em Excel o que não havia. Quando uma das minhas amigas me mencionou a existência do mandarim eu realmente fiquei decidida porque é algo único e que na altura me pareceu bastante vantajoso. Hoje agradeço pela loucura, pois permitiu-me ter muito maior facilidade a introduzir-me na aprendizagem também do japonês.

Arranja os teus recursos.

Pensa comigo? Como é que aprendias uma língua na escola? Pois é, livros e gramática são importantes. Realmente existem pessoas que apenas a verem séries e filmes apanham uma língua milagrosamente (bem que eu gostaria de ser assim, mas não é o caso). Por isso, vamos dar uso à Internet sim? Pesquisa e arranja livros, recursos de gramática, um dicionário e tradutor e uma fonte de vocabulário para começar.

Cria uma rotina.

Pensando em hobbies nem sempre nos apercebemos que estes também necessitam e fazem parte de uma rotina, mas é a realidade. Pode parecer chato e tirar a piada toda ao momento criando uma rotina, mas tens que compreender que a tua motivação inicial não irá durar para sempre e vais precisar de outra coisa que te mantenha na linha.

Foca-te na espinha dorsal.

Também as línguas têm uma e querendo ou não as bases de qualquer língua passam pelo vocabulário e a gramática, por isso foca-te neles. Para além disso, se tiveres a aprender uma língua fora do grupo da tua nativa temos também que acrescentar a este par o nosso querido alfabeto porque sem o aprender primeiro não iremos a lado nenhum.

Alfabeto

Aprende a correta forma de escrever cada letra e se existem, por exemplo, especificações na ordem dos traços, algo que é extremamente importante no mandarim e no japonês. Aqui fica um artigo para te ajudar.

Vocabulário

  • Faz listas. Agarra num caderno e escreve listas de vocabulário que encontras, seja por tópicos ou algo aleatório. O simples ato de escrever é uma das formas mais eficazes de reteres informação.
  • Flashcards. Escreve a palavra na tua língua alvo num lado e a tradução mais exemplos de gramática ou outra informação relevante noutro lado, e usa-o para aprender. O quizlet, o anki, o tinycards e ankiapp são ótimas apps para o fazeres se preferires fugir do papel!
  • Quando aprenderes uma palavra nova não te limites a apontá-la cria também frases que a contenham, para ajudar a aprender no contexto.

Gramática

  • Procura pelos padrões, mesmo que exista irregularidades em qualquer língua existem ainda mais coisas que são constantes.
  • Repetição é chave. Seja o que estejas a aprender todos já ouvimos esta indicação e é a verdade. Seja gramática ou matemática a prática e a repetição leva à perfeição.
  • Aprende as exceções. Se os padrões são a salvação quando se trata de compreender uma língua por facilitarem em muito é extremamente importante compreender e saber bem as exceções às regras.
  • Pratica. Nem sempre conjugar apenas os verbos te irá ajudar, por vezes aprender com contexto é melhor e até fundamental logo faz exercícios e pratica traduções.

“The person who learns language without learning culture risks becoming a fluent fool.” — Bennett, Bennett & Allen.

Aprende a cultura.

Por fim, uma das partes mais divertidas de aprender uma língua, sabes porquê? É a altura de:

  • veres filmes, séries e documentários
  • assistires youtube
  • ouvires música
  • leres livros e revistas
  • procurares por factos sobre o país
  • descobrires as suas tradições
  • leres histórias de crianças
  • conversares com os nativos
  • seguires artistas nas redes sociais

E tu? Qual é a dica básica que darias a alguém que esteja a tentar aprender uma nova língua?

Publicado por Tânia

Licenciada em Sociologia e estudante de mestrado em Jornalismo. Apaixonada por tudo o que implique o mundo e livros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: