BTS 2020: Como criar um plano de estudos

Acho que todos nós já tivemos a sensação que por mais que estudássemos parecia que não o estávamos a fazer, ou pior ainda que o tempo que tínhamos não era suficiente para conseguir lidar com toda a matéria que tinha sido dada para aquela avaliação, certo? E não, eu não vou dizer que nós sempre temos tempo, mas não o aproveitamos. Ou melhor, não vou dar 100% de razão a tal frase, porque a verdade é esta:

  1. Nós nem sempre aproveitamos o tempo que temos.
  2. Mas, também nós nem sempre temos tempo suficiente. Dependendo, do calendário e do que estudamos, por vezes, o tempo é muito limitado e são muitas coisas e para nos manter-mos minimamente sãos e nos darmos descanso o tempo não chega para tudo.

A verdade é esta, mas também podemos tentar fazer o tempo que temos render. Seja porque a época de exames já está aí à porta, como é no momento, porque começou um novo ano letivo e dependendo da aula já é possível começar a coordenar o nosso tempo para que no momento tudo seja mais relaxado.

Por isso, vamos começar a tentar planear o mais cedo possível para um semestre mais descansado, sim? Para isso aqui deixo algumas dicas para criar um plano de estudos que funcione, sendo isto baseado na minha experiência ao longo dos anos.

Aponta tudo o que tens para fazer.

Os professores disseram-te como é o seu método de avaliação? Quais são as datas? Ótimo. Agarra numa folha e começa a escrever tudo o que sabes que vai ser necessário fazer, e mantém essa folha à vista ou alcance para que sempre que houve algo novo possas adicionar. Este vai ser o primeiro passo para te ajudar, uma to-do list gigante que servirá como um braindump.

Estabelece um tempo para despender em cada tarefa.

Tens que escrever um trabalho de 5 páginas? Ou fazer 6 páginas de exercícios? Pensa para ti quanto tempo, normalmente, despendes para conseguir concluir uma tarefa dessas num todo? Agora, pensa nesse grande trabalho por etapas: quanto tempo vais dispensar para pesquisa, escrever a introdução e conclusão, fazer as referências?

Cria um horário.

O exemplo que dou é baseado na criação e modificação de um plano de estudos de origem semanal, apesar de poderes fazê-lo num panorama mensal ou mesmo por semestre. A questão aqui está no facto de não te esqueceres de uma coisa, quanto mais vasto for esse plano mais paciência tens de ter pelo facto de ir sendo necessário atualiza-lo de tempos e tempos. Porque seja qual for o plano, eles podem necessitar de ajustes e não tem problema.

Neste horário deves:

  1. Bloquear, desde logo, o tempo dispendido obrigatoriamente com obrigações. Ou seja, o teu horário de aulas e extracurriculares que sabes que têm um horário fixo.
  2. Regista também eventos de teor pessoal que já tenhas agendados e que sabes que não te vão permitir estudar.
  3. És alguém que se esquece de descansar ou comer por só ver trabalho à frente? Força, aponta o tempo de dormir e refeição no horário que é das formas mais simples de isso passar a ser quase como as outras obrigações.
  4. Deixa espaços livres, não só serão a tua salvação quando houver alterações de algum plano, como te fazem sentir mais relaxado(a) e sem aquela sensação que não vai dar tempo para tudo.

Cria os teus blocos de estudo.

Depois de já teres o teu horário com o tempo registado para as outras atividades, está na hora de colocar mãos à obra e agendar as tuas sessões de estudo. Escreve qual a matéria irás estudar na sessão, mas não só. Se formos muito vagos, acabamos por não fazer nada do que era necessário, por isso dá uso à metodologia SMART.

  • S para específico: O que é que vais fazer? Quando vais ter uma pausa? De quando tempo?
  • M para mensurável: Como vais saber que entendeste? Leitura, testes, repetição, novos apontamentos?
  • A para aceitável: Estás preparado para começar a estudar naquele momento? Compreendes que podes fazer uma pausa quando deixas de registar o que estás a estudar?
  • R para realista: Há tempo suficiente nessa sessão para estudar tudo o que estás a planear? Não será melhor fazer mais uma sessão nessa semana e diminuir o tempo nesse dia?
  • T para tempo limite: Quanto tempo dura a sessão? A que horas começa e termina?

Revisão também faz parte.

Seja inteiramente descrito no teu horário ou não, não te esqueças de deixar tempo para reveres o que aprendeste. Sem este momento, nada vai entrar na tua cabeça, por isso é importante não fugir desta etapa.

Publicado por Tânia

Licenciada em Sociologia e estudante de mestrado em Jornalismo. Apaixonada por tudo o que implique o mundo e livros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: