Universidade 101: 9 coisas que queria que me tivessem dito

A realidade é que não importa quem somos ou de onde vimos, novos lugares e experiências podem parecer assustadores e a realidade é que muitas vezes a noção que temos das coisas é mínima. Por isso mesmo acredito que pessoas com um mindset preparado estão em vantagem e para isso aqui vos deixo algumas coisinhas que gostava que me tivessem dito para me poder mentalizar.

Integra-te.

Independentemente de seres tímido(a) ou não, a melhor forma de conheceres pessoas novas e facilitar esta nova etapa é com amizades. Seja através de clubes, núcleos, tuna, desporto, praxe ou associação de estudantes prometo-te que encontrarás pessoas que estão na mesma situação que tu, pessoas que já passaram pelo mesmo e acima de tudo pessoas com as quais te identificas.

Aproveita.

Utiliza os recursos que te oferecem para teres experiências inesquéciveis. No meu caso, ao longo de todo o ano a minha faculdade oferece workshops, seminários, diversas aulas de desporto e outras atividades. Participa em alguns e prometo-te que te vai trazer muitas vezes não só conhecimento, como bem estar.

Pede ajuda.

A faculdade é uma nova experiência, uma nova fase que precisa de adaptação e muitas vezes é dificil entrarmos no ritmo logo à primeira, mas felizmente existem diversos alunos mais velhos que não se importam nada de ajudar, seja através de apontamentos, tirando dúvidas ou até mesmo auxiliando-te com alguns trabalhos.

Para além disso, os professores costumam ser muito acessíveis, com especial atenção durante o primeiro ano. Por isso, quando precisares não tenhas vergonha de lhes enviar um e-mail, dirigires-te aos gabinetes ou pedires uma tutoria. A realidade nua e crua é que não há ninguém que saiba melhor o que é imprescindível de pôr num trabalho ou numa resposta de teste para ter a cotação máxima que eles.

Aprende a gerir-te.

Quer queiramos quer não a faculdade é um aglomerado de despesas e é necessário aprender a gerir o nosso dinheiro se não queremos chegar à segunda semana do mês já sem um tostão. Por isso, tem atenção ao que gastas e para onde vai o teu dinheiro. Infelizmente, sou culpada disto, mas morar longe da faculdade implica ter que comer diariamente na mesma ou ao redor e o que não falta é fast food e opções menos saudáveis disponíveis. Se não tiveres atenção estarás a gastar mais dinheiro do que o necessário e a prejudicar a tua saúde.

Opta por trazer sempre algo contigo, pelo mais simples que seja. 

A experiência não implica extremos.

A verdade é que não necessitas de participar em tudo o que acontece para ter a melhor experiência ou o melhor currículo, porque acima de tudo responsabilidades a mais provocam mais dores de cabeça que bem. Aprende acima de tudo gerir o teu tempo e a dizer que não.

Para além disto, estudar e ter boas notas não te impede de te divertires, tal como vice-versa. O que é realmente necessário é que não deixes que a faculdade te consuma, pois com o início desta fase temos tendência a viver apenas para isto e esquecer o resto. Entende que existe tempo para estudares e momento para te divertires com pessoas de fora ou de dentro da faculdade.

Longe da vista, mas nunca longe do coração.

Para as pessoas que para além de entrarem na faculdade vão também necessitar de fazer mudanças, seja para apartamento próprio, dividido ou residência digo simplesmente isto: leva sempre contigo algo que te lembre boas memórias, as pessoas que amas e o lugar de onde vens, porque com a época de avaliações pode ser necessário ficares afastado(a) mais tempo do que o suposto de casa e as saudades irão apertar.

Dúvidas são normais.

As dúvidas pessoais não ficaram pelo secundário ou pela candidatura. Adultos ou não continuamos a formar a nossa personalidade e a lutar pelo nosso futuro logo é normal haver momentos de dúvidas. A realidade é que irás duvidar de ti, da tua escolha, do teu trabalho e pôr mesmo tudo em questão. Mas é tão simples quanto isso, nem sempre fazemos amigos logo de primeira ou temos as notas porque tanto lutámos, isso não implica a necessidade de desistir.

Vais ter de aprender a lidar com pessoas.

Cada um de nós tem uma personalidade e, felizmente, nenhuma personalidade é igual para duas pessoas distintas. Seja em trabalhos de grupo, como colegas de casa ou como parte de uma associação ou clube vais ter que saber lidar com inúmeras pessoas diferentes e com as suas personalidades, das quais algumas te farão querer arrancar cabeças. Mas a realidade é que vai ser necessário que lides com estas situações civilizadamente e com o maior respeito possível, esperando que isso leve a que as coisas corram bem.

Faz o que te apaixona.

Muitas vezes entramos num curso porque os pais queriam, porque a nossa média não dava para o que realmente desejávamos, mas não faz mal pôr as coisas em perspetiva e voltar atrás. Falamos do teu futuro e acima de tudo da tua felicidade, vale sempre a pena experimentar para ver se gostas, mas se te sentes infeliz tenta outro caminho.

Publicado por Tânia

Licenciada em Sociologia e estudante de mestrado em Jornalismo. Apaixonada por tudo o que implique o mundo e livros.

One thought on “Universidade 101: 9 coisas que queria que me tivessem dito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: